sexta-feira, 30 de maio de 2014

Cristovam critica reação do governo a projeto que muda Bolsa Família



Agência Senado




 (Geraldo Magela/Agência Senado)

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) defendeu em Plenário, nesta sexta-feira (30), as modificações no programa Bolsa Família aprovadas pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Os petistas votaram contra, mas senadores de outras legendas governistas ajudaram a aprovar a proposta (PLS 458/2013) do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Depois, integrantes do governo, inclusive ministros, criticaram as alterações.

Para Cristovam, é incompreensível a resistência do governo para mudar um programa que é objeto de um grande número de projetos visando ao seu aperfeiçoamento – 50 deles na Câmara dos Deputados e 27 no Senado. Segundo ele, nada é perfeito, mesmo um programa “maravilhoso” como o Bolsa Família. Ele salientou que o Bolsa Família foi antecedido por outros mecanismos de transferência de renda, inclusive o Bolsa Escola, que ele próprio implantou no governo de Brasília.

— Não entendo essa resistência ferrenha contra mudar qualquer coisa que fizeram ou que começaram e que não seja por iniciativa do próprio governo — comentou.

Pelo projeto, que agora será examinado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), mesmo havendo mudança nas condições de inclusão no programa, em virtude do aumento da renda, os beneficiários ainda continuarão recebendo a ajuda por um prazo adicional de seis meses depois da reavaliação.

— É um prazo para que a pessoa se sinta protegida depois de perder o direito — comentou Cristovam, avaliando que a medida diluirá o temor do beneficiário em partir para o emprego.

O senador aproveitou para defender a estabilização do programa como política de Estado, de caráter permanente, “enquanto tiver pelo menos uma família que precise”. Mesmo já existindo uma lei dispondo sobre o Bolsa Família, outro projeto de Aécio propõe que o programa seja incluído no sistema mais abrangente da Lei Orgânica da Seguridade Social (Loas).

— É necessário manter como política de Estado para que um futuro governo não acabe o programa, e também para que o governo atual não diga que outro [governo] vai acabar, comportando-se eleitoralmente — comentou.

Cristovam também festejou o aproveitamento de duas emendas de sua autoria no projeto de Aécio, que foi relatado pela senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO). Segundo ele, uma delas estabelece que, enquanto crianças da família estiverem estudando, a bolsa associada ao estudante será mantida.

Outra exige frequência a cursos profissionalizantes pelos membros da família acima de 18 anos, como estímulo à “porta de saída” do programa. No entanto, conforme assinalou, a medida recebeu criticas de uma ministra por meio de redes social, a seu ver um contrassenso, pois abrir porta para o conhecimento permite transformar a vida dos beneficiários.

— Sem educação, a bolsa fica permanente e será uma tragédia histórica o país ainda precisar do programa daqui a trinta anos — justificou.

Joaquim Barbosa volta a ser cortejado por Eduardo e Aécio

Ex-governador de Pernambuco vai procurar Barbosa assim que ele deixar o STF, no dia seguinte, mas presidente da Suprema Corte vem dizendo que o jogo da política é "muito sujo"

Filipe Barros - Diario de Pernambuco




Presidente do STF diz que já deu sua contribuição ao país e vai se aposentar para descansar. No início do ano, ele havia dito que o partido que nutria mais simpatia era o PT, de qual, curiosamente, virou algoz, na avaliação dos próprios petistas. (Fellipe Sampaio/ SCO/STF. )
Presidente do STF diz que já deu sua contribuição ao país e vai se aposentar para descansar. No início do ano, ele havia dito que o partido que nutria mais simpatia era o PT, de qual, curiosamente, virou algoz, na avaliação dos próprios petistas.
Os dois principais adversários da presidente Dilma Rousseff (PT) na corrida presidencial deste ano, o ex-governador Eduardo Campos (PSB) e o senador Aécio Neves (PSDB), parecem animados com a aposentadoria antecipada do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, do comando da Corte. Os candidatos da oposição estão se mexendo para conquistar o apoio de Barbosa. Quando indagado sobre o cortejo, Eduardo perguntou: "Qual é o partido que não gostaria de ter um quadro como Joaquim Barbosa"?O pré-candidato Eduardo Campos também afirmou que existe a possibilidade de conversar com Barbosa sobre uma filiação partidária, mas só após que ele deixar oficialmente a presidência do STF. "O cargo de ministro do STF é uma função incompatível com a filiação partidária". No dia que ele deixar o STF, a partir do dia seguinte, começa a possibilidade de se conversar. Porque fora disso, passa a ser um desrespeito à Suprema Corte e ao próprio ministro Joaquim Barbosa", afirmou. Eduardo afirmou ainda que o ministro teve um desempenho no Judiciário brasileiro e comenta sobre uma futura filiação."No caso de ele pensar em se filiar a um partido, teremos amigos que irão aproximá-lo do nosso partido", afirmou o socialista.
Essa não é a primeira vez que Barbosa é desejado por partidos políticos. No ano passado depois da repercussão do processo do mensalão, o ministro, principal relator da Ação Penal 470, conhecida popularmente como mensalão, chegou a ser cortejado pelos socialistas e pelos tucanos. Eduardo Campos, que preside nacionalmente o PSB, tentou convencer Joaquim Barbosa a concorrer ao Senado pela sigla, formando um palanque forte no Rio de Janeiro. Após a repercussão, o ministro soltou nota para dizer que não seria candidato a presidente da República. Mas não incluiu outros cargos eletivos na negativa. Em março deste ano, ele reiterou a deicisão."Não me vejo fazendo isso. O jogo da política é muito pesado, muito sujo. Estou só assistindo a essa movimentação", afirmou.Pelo lado do pré-candidato Aécio Neves (PSDB), comentários de bastidores davam conta de que os tucanos estariam sondando o magistrado para compor a chapa de Aécio na posição de vice nas próximas eleições, mas o senador afirmou à Folha de São Paulo que "estas especulações estão sendo alimentadas pelo PT".

"Deus me livre", diz Zezé a fã que comparou nova namorada a Zilu

 

 

"Achei que ela tem o mesmo formato do rosto da Zilu!", escreveu a fã no Instagram
 
 
O cantor sertanejo Zezé Di Camargo parece não ter gostado da atitude de uma fã que comparou a sua atual namorada, a jornalista Graciele Lacerda, a ex-mulher Zilu. No dia em que resolveu assumir o romance, o cantor rebatou o comentário da fã que relatou semelhança física entre Graciele e Zilu.
"Achei que ela tem o mesmo formato do rosto da Zilu!", escreveu a fã no Instagram. Após ler o comentário, Zezé respondeu: "Deus me livre". 

Seguidores de Zezé ficaram irritados com a resposta e avisaram a Zilu sobre o ocorrido. Segundo o jornal Extra, enquanto isso, a jornalista comemorava, também no Instagram, o fato do affair ter se tornado oficial. "Muito feliz, ainda mais com esse carinho que estou recebendo", postou.

Cantor assumiu romance ao postar foto da namorada (Foto: Reprodução/Instagram)
 Na manhã de quinta-feira (29), o cantor assumiu o romance com Graciele ao postar uma foto da moça no Instagram. "Quem tem uma mulher linda como essa, precisa de mais alguém??? 'Deixa o povo falar, o povo falar e a gente namorar, fala e nós namora, fala e nó namoraaaa!!", escreveu ele, ironizando os boatos de que manteria outros dois relacionamentos em sigilo.


Zezé namora Graciele há dois anos e os dois já apareceram diversas vezes juntos em fotos nas redes sociais. Zilu também já engatou um romance com o sertanejo Zé Henrique.

Estudante de 16 anos mata os pais a pauladas após ter iPod confiscado

 

 

A sentença do garoto - que está sendo processado como um adulto - deve ser anunciada em setembro
 
 
Estudante golpeou pais até a morte.
Going to prison: Vincent Parker, 16, has pleaded guilty to murdering his parents last DecemberUm estudante de 16 anos confessou nesta quinta-feira (29) ter matado os pais em Norfolk, EUA, após ter objetos confiscados como punições por seu mau comportamento, entre eles seu iPod.
Segundo o Mail Online, o crime ocorreu antes do Natal do ano passado. O estudante saiu da escola mais cedo e surpreendeu a mãe com spray de pimenta.

 Em seguida, ele a agrediu com uma barra de metal diversas vezes "até que ela parasse de respirar", disse em depoimento. O pai do garoto também foi agredido diversas vezes com o pé de cabra assim que chegou. 
O pai do garoto ainda foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. "Foi tudo por causa do meu pai, que tomava meu iPod e outras coisas", disse o garoto.

A sentença do garoto - que está sendo processado como um adulto - deve ser anunciada em setembro.

Envolvidos em roubo a carga de cigarros são presos

 

Envolvidos em roubo a carga de cigarros são presos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Raimundo e Alan já estão à disposição da Justiça (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A Polícia Civil desarticulou parte de uma quadrilha especializada em roubos a cargas que agia nos Estados do Pará e Maranhão. Dois integrantes da organização criminosa foram presos em flagrante, em Belém, depois de envolvimento no roubo de uma carga de cigarros da empresa Souza Cruz. O crime ocorreu na estrada de acesso ao município de Acará, no nordeste paraense. Os resultados da operação, deflagrada pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), foram apresentados nesta quinta-feira (29), na sede da DRCO, em Belém.
Na última quarta-feira (28), por volta de 10h30, a equipe policial da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas, vinculada à DRCO, localizou os dois envolvidos no crime. Raimundo Nonato de Jesus Crispim e Alan Rogério Reis de Souza são acusados de, no último dia 26, terem tomado de assalto, na estrada de acesso ao Acará, um caminhão da empresa Souza Cruz. Do interior do veículo os assaltantes saquearam cerca de 22 mil carteiras de cigarro, mercadoria avaliada em R$ 156 mil.
Além dos presos, participaram do crime Gilvan Lopes Pantoja, padrasto, e Edivan Reis de Souza, irmão de Alan de Souza, e outro homem identificado apenas como Thiago. Após a abordagem ao caminhão da empresa, os presos levaram o veículo para uma estrada vicinal, onde quatro carros particulares aguardavam o grupo. Ali, o bando retirou toda a mercadoria do caminhão e a colocou nos veículos. Em seguida, o grupo fugiu. A prisão da dupla ocorreu no momento em que os dois saíam de um estacionamento, em Belém.
Em depoimento, os dois confessaram o crime e levaram os policiais da DRCO até um sítio no município de Moju, onde foram recuperadas as 22 mil caixas de cigarros roubadas. A dupla informou que toda a mercadoria seria vendida para Antônio Gomes Timbó, no bairro do Paar, município de Ananindeua, região metropolitana de Belém. Ele, por sua vez, revenderia o cigarro a comerciantes de Belém e do interior do Estado.
Os acusados confessaram ainda que a quadrilha foi responsável por mais quatro roubos a caminhões da empresa Souza Cruz, apenas neste ano, ocorridos nos municípios de Barcarena, Paragominas, Santa Maria do Pará e São Miguel do Guamá. As investigações apontam que a quadrilha cometeu seis roubos a caminhões da mesma empresa no Estado, e mais quatro no Maranhão. A prisão dos outros participantes da quadrilha já foi solicitada à Justiça.
(Agência Pará)

 



 

Rapaz é morto a tiros e jogado na rua

Rapaz é morto a tiros e jogado na rua (Foto: Amaury Silveira)
(Foto: Amaury Silveira)

Um fim trágico, mas previamente anunciado à mãe da vítima. O drama é o mesmo que assola muitas famílias e que geralmente acaba em assassinatos. Depois de perder o filho caçula de 17 anos, uma mulher, que preferiu não se identificar com medo da ação dos bandidos e traficantes, foi velar nesta quinta-feira(29) o corpo de outro filho. O corpo de um homem apareceu na manhã desta quinta-feira(29), encostado em um muro na passagem da Olaria, na rodovia Artur Bernardes, na Pratinha 1, em Icoaraci.
A reportagem chegou ao local e viu a cena: mãe e tia sentadas no chão, passando a mão no cadáver coberto por uma rede. Eduardo Correa da Silva, de 19 anos, foi assassinado com três tiros no rosto. Ali, a lei do silêncio impera, ninguém sabe de nada, mas a reportagem falou com a mãe da vítima, que antes de declarar tudo o que sabia pediu anonimato. O risco de ser a próxima vítima fala mais alto. O drama da mulher é estarrecedor. “Venho de uma vida que só eu sei das forças que tenho”, declarou.
Há 1 mês, ela perdeu filho caçula de 17 anos. Ele foi assassinado dentro de uma residência no conjunto CDP. “Até hoje não sei quem matou meu filho. E hoje foi o meu de 19 anos”, declarava ela, em meio às lágrimas e desolada. Ela revelou que o filho assassinado ontem era “vida torta”, mas que há algum tempo estava tentando andar no caminho do bem. 
“Meu filho não era certo, sempre cometia coisas erradas, nas ultimamente estava na igreja e estava morando com uma moça que estava esperando um filho dele”, informou. A esposa de Eduardo está grávida de 8 meses. Às 6h, ela saiu de casa para ir até a cidade de Bragança, onde receberia de seus familiares material para o enxoval do bebê. Eduardo ficou em casa, dormindo. A mãe conta que dois homens entraram armados na casa dele, com uma pistola, e efetuaram os disparos fatais. Não satisfeitos, saíram arrastando o corpo do rapaz até a rua. Em seguida fugiram em um carro.
A mãe contou à reportagem que o filho estava sendo ameaçado por traficantes da área. “Eu sei quem matou meu filho e já falei aos policiais. Desde a sexta passada estavam atrás dele para matá-lo. Me ligaram várias vezes para dizer que estavam devendo o ‘patrão’ e que se eu não desse a eles R$ 3 mil, mais uma televisão de 50 polegadas, iam matar. Disseram que se meu filho fugisse, iam matar outra pessoa da família, por que ‘o chefe quer que ele mande e pague a conta’”.
Mas a mulher não tinha dinheiro suficiente para pagar a dívida deixada pelo filho. Se virou para arrumar, mas não conseguiu. E nesta quinta-feira(29) eles cumpriram a promessa. Os assassinos ainda tiveram a frieza de ligar para a mulher: “Do outro lado do telefone ouvi: ‘Esperei até hoje, não destes teu jeito e teu filho tá morto”. Em seguida, disseram onde jogaram o corpo de Eduardo.
A mulher disse que os matadores seriam os elementos conhecidos como “Baby” e “Marciso”. Segundo ela, eles seriam traficantes da área e acostumados a fazer esse tipo de serviço. Ela disse que estava tentando arrumar o dinheiro e eles disseram que era ordem do patrão, para não esperar.
(Diário do Pará)



Motociclista morre ao ser atropelado por ônibus

Um motociclista morreu na manhã desta sexta-feira (30) ao ser atropelado por um ônibus durante um acidente na avenida Conselheiro Furtado, próximo à travessa Rui Barbosa, no bairro de Nazaré, em Belém.
Segundo a Polícia Militar, a vítima, ainda não identificada, seguia pela via quando a motocicleta em que estava acabou colidindo com um carro particular. O motociclista acabou perdendo o controle do veículo e caiu na pista, sendo atropelado por um ônibus que também seguia pela via.
A vítima foi atropelada por um ônibus logo após colidir com um carro particular. (Foto: Via Whatsapp)
A vítima morreu no local do acidente. A área está isolada pela Polícia Militar, e uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) realiza a remoção do Corpo.
Tanto o motorista do ônibus quanto o do carro envolvido no acidente estão no local, e deverão seguir para a Seccional de São Brás para prestar depoimento.
(DOL)



Jovem tenta 'morcegar' ônibus e acaba ferido

Jovem tenta 'morcegar' ônibus e acaba ferido (Foto: Paulo Moraes/Rota Cidadã)
(Foto: Paulo Moraes/Rota Cidadã)

Um jovem ficou ferido na noite desta quinta-feira (29), no bairro de Nazaré, em Belém, após tentar se segurar em um ônibus enquanto andava de patins. Segundo testemunhas, a vítima se desequilibrou e caiu no asfalto.
O caso aconteceu na avenida José Malcher, próximo à travessa 14 de Março. O jovem foi realizar a prática conhecida como “morcegar”, em que uma pessoa de patins, skate ou bicicleta se segura do lado de fora de um veículo para pegar carona, e acabou caindo na via.
Ele teve escoriações e foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Pronto Socorro Municipal Mario Pinotti, na travessa 14 de Março.
(DOL com informações de Paulo Moraes/Rota Cidadã)



Ensaio de junho promete esquentar o clima

Ensaio de junho promete esquentar o clima (Foto: Renan Pina)
(Foto: Renan Pina)

Junho é o mês de Copa do Mundo e início do verão amazônico. O DOL vai colaborar para o clima esquentar mais ainda e, para começar bem o mês, o próximo Ensaio Sensual será publicado no domingo (1º) e apresentará Carla Moraes, de 22 anos. 
Para Carla, a chance de posar para o ensaio do DOL veio em boa hora. "Já tinha pensado em seguir carreira de modelo, mas não tive oportunidades, estava desistindo. Agora estou tendo a oportunidade que queria com essa chance", disse a modelo de 1,75 metros de altura e 69 quilos.
Nas fotos, é possível ver toda a beleza e o charme paraense da morena, que trabalha como atendente e está começando a carreira de modelo.
Mesmo em forma, Carla não dispensa um bom peixe frito com açaí, seu prato favorito. Ela tem como filme predileto "Meu malvado favorito". Pra quem quiser conquistar o coração da bela, um aviso: Carla luta jiu jitsu e muay thai.
Os internautas poderão conferir as fotos inéditas do ensaio de Carla Moraes a partir do próximo domingo (1º).
(DOL)



Dizer a verdade sobre o MA não é falta de respeito, senador Sarney!

 

sarney1Em fim de carreira política, o senil José Sarney aproveitou um evento realizado nesta sexta-feira (30), em São Luís, para se lamuriar. O discurso lastimoso ocorreu durante um ato organizado pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad (este que em breve deve sofrer uma varredura de órgãos federais para averiguar atitudes suspeitas de corrupção). O que era para ser uma solenidade institucional, na verdade se transformou num palco inoportuno de chororô de despedida daqueles que pouco fizeram (tentam à todo custo se justificar) e agora estão prestes a ser expulsos do poder pelos maranhenses.
Numa espécie de ‘prestação de contas’, o oligarca maranhense em declínio – o desgaste de sua imagem é tamanho que não consegue se eleger nem mais no Amapá – culpou a oposição – veja só o tamanho do descaramento – pela miséria que ainda prevalece no estado. Logo eles, que tiveram inúmeras oportunidades e nada realizaram. Só a governadora Roseana está no quarto mandato.
Pois bem, de acordo com Sarney, a oposição, ao que ele injustamente se refere de ‘do quanto pior melhor’, trabalha contra o Maranhão. Seria muito mais decente da parte do senador fazer um discurso de mea culpa e constatar quem realmente não trabalha a favor desse estado. O que a idade avançada não faz…
Ao prosseguir com o festival de asneiras proferidas, mais uma vez o ex-governador, ex-deputado, ex-presidente da República, presidente do Senado por quatro vezes, senador em exercício tentou desqualificar os estudos de institutos sérios e renomados que apontam o paupérrimo Maranhão como o estado mais atrasado do Brasil. Sem o menor constrangimento, Sarney deu a entender, cinicamente, que a culpa da estagnação do MA é, pasmem, do IPEA, FGV, IBGE e outros. Pronto, acharam outros culpados para encobrir a incompetência e o fracasso.
Num ato de encargo de consciência, José Sarney ainda usou de sofisma (uma de suas especialidades) quando misturou PIB (Produto Interno Bruto) com IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) para dizer que “o Maranhão é o 16º estado do Brasil”. Evidente que o PIB do Maranhão é elevado, dado as grandes empresas e multinacionais instaladas no estado. Elas levam nossas riquezas para fora e pouco deixam aqui.
Sim, o Maranhão é rico, porém há má distribuição de riqueza. É nesse aspecto, uma equação simples que Sarney em cinquenta anos não conseguiu resolver, que os indicadores sociais (entre os quais o IDH) mostram o estado comandado há décadas pela oligarquia o último em avanço e desenvolvimento.
O mínimo que José Sarney fez por sua terra natal – muito pouco em face de todos os cargos que ocupou bem como sua influência em Brasília - não passou de obrigação. As grandes obras existentes são do governo federal.
No fim, já todos com semblante de enfadado no auditório da Secretaria de Saúde, foi risível a declaração do pai da governadora Roseana Sarney em vociferar que é respeitado em todo o Brasil e no exterior. Realmente, pode até ser, no entanto José Sarney só esqueceu de dizer que ele é também a figura política mais ojerizada pelos brasileiros, sinônimo da má política. Hoje contar que é ‘da terra do Sarney’ é motivo de chacota em outros estados. O maranhense passa vergonha e ainda é taxado de tolo por eleger seu grupo.
Um recado que fica ao senador Sarney: falar a verdade sobre a realidade ruim do Maranhão, onde milhares de milhares maranhenses continuam passando fome e vivendo em condições subumanas, nunca e jamais será falta de respeito. Ok?
Em tempo:
Fica o desafio, para na próxima oportunidade, José Sarney tentar explicar a razão de apresentarmos a menor expectativa de vida na média de homens e mulheres – 68,6 anos – de acordo com dados divulgados pelo IBGE. Seria de bom alvitre justificar o porquê da população de 6,5 milhões de habitantes, 1,7 milhão de maranhenses está abaixo da linha de miséria (ganham até R$ 70 por mês). Dos quase 7 milhões de maranhenses, existem mais de 4 milhões sobrevivendo na base do Bolsa Família.
Na ocasião, seria interessante debater os motivos de o Maranhão ter 64% da população passando fome e, ainda, as três piores cidades em renda per capita – das 100 cidades com pior IDH, 20 são do Maranhão. As causas que levaram, por exemplo, das 100 cidades com melhor IDH, nenhuma ser do Maranhão; apenas 6,5% dos municípios maranhenses terem rede de esgoto e dos 15 municípios brasileiros com as menores rendas, segundo o IBGE, dez estarem no Maranhão (é o estado brasileiro com maior percentual de miseráveis).( Do Blog do John Cutrin/JP)

O que sobrou do PT maranhense

 

 

washingtonroseanaEm 2010 os petistas maranhenses definiram o apoio à aliança com PCdoB, PSB e PPS em torno da candidatura de Flávio Dino ao governo do Maranhão. José Sarney farejou a força eleitoral do candidato comunista, então deputado federal, e tratou de montar uma operação a partir de Brasília. Antes, tentara dissuadi-lo da candidatura ao governo acenando com uma vaga ao senado abençoada por Lula. Flávio Dino disse não e seguiu na luta.
Sarney foi a Lula e arrancou dele o compromisso de intervir no PT maranhense, arrancando-o da companhia do bloco progressista e o acomodando na chapa da filha Roseana Sarney. Um duro golpe, com repercussões negativas na mídia nacional, mas o suficiente para colocar um forte obstáculo a Flávio Dino que ainda assim chegou à casa dos 30% e por ínfimos 0,08% dos votos não conquistou uma vaga no segundo turno.
Passados quatro anos, o PT chega a uma nova eleição em estado deplorável. Perdeu o vice, que foi deslocado à força para o TCE; foi despejado da candidatura de Edinho Lobão(PMDB), onde pretendia novamente a vice; perdeu todos os cargos no governo estadual e não “fede nem cheira” no grupo liderado por José Sarney. Um dos maiores partidos no país, o PT foi reduzido a um mero coadjuvante no consórcio que domina a política estadual.
O que fizeram com o PT dá uma boa medida do que querem agora fazer com o PDT. O partido de Jackson Lago está sendo fortemente assediado para romper com a oposição e se juntar aos algozes do ex-governador. Basta olhar o PT para concluir qual destino esperaria o PDT caso sucumbisse à tentação do poder sarneysista. (Informe JP)

PF faz busca no PMDB do Ceará por suspeita de campanha antecipada

 

 

Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) : abuso de poder econômico
POR BRUNO BOGHOSSIAN (FOLHA)
Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) : abuso de poder econômicoA Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na sede do diretório do PMDB do Ceará e na Câmara de Fortaleza, atendendo pedido do Ministério Público Eleitoral. A Procuradoria investiga suspeita de abuso de poder econômico e de campanha antecipada ao governo do Estado por parte do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).
Os agentes buscavam material de campanha de Eunício na sede do partido. Na Câmara, investigavam o uso de veículos oficiais para levar vereadores a um ato de pré-campanha de Eunício em um município cearense.
A direção nacional do PMDB repudiou a ação. “Nem nos tempos da ditadura partidos políticos tiveram suas sedes invadidas, ainda mais quando não há nexo ou consistência nas motivações alegadas”, afirma o partido, em nota assinada por seu presidente, Valdir Raupp. “A polícia nada encontrou de irregular na busca. Nem poderia. Afinal, o PMDB sequer detém controle sobre o uso da máquina pública do Ceará.”

Maluf sela acordo com PT e diz que tempo de TV garante vitória de Dilma


 

 

TATIANA FARAH (O GLOBO)
O deputado Paulo Maluf (PP) e o pré-candidato ao governo paulista, Alexandre Padilha (PT), selam ac / Tatiana Farah/Ag.Oglobo
O deputado Paulo Maluf (PP) e o pré-candidato ao governo paulista, Alexandre Padilha (PT), selam ac / Tatiana Farah/Ag.OgloboSÃO PAULO – Chamando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “grande estadista” e afirmando que a presidente Dilma Rousseff será eleita no primeiro turno, o deputado Paulo Maluf selou nesta sexta-feira a aliança do PP com o petista Alexandre Padilha, que concorrerá ao governo paulista. Petistas e Maluf posaram para fotos sem constrangimentos na Assembleia Legislativa, repetindo as cenas polêmicas da eleição municipal, quando Maluf recebeu em sua casa Lula e o então candidato Fernando Haddad.
O acordo deve render 1min15 a mais para o programa de TV de Padilha. A expectativa é que o petista tenha mais tempo de televisão do que Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição. A estratégia é importante para fazer com que o ex-ministro seja mais conhecido pelo eleitorado de São Paulo.
Para Padilha, a aliança seria alvo de críticas de quem, “até quatro dias atrás”, esperava uma aliança com o PP. O petista se referia à participação do partido de Maluf no governo de Geraldo Alckmin, candidato à reeleição pelo PSDB. Ontem, os correligionários de Maluf deixaram o governo tucano. O deputado, que responde a processos por corrupção e crimes financeiros, “rifou” rapidamente os ex-aliados tucanos, criticando a segurança pública e a falta de investimentos no sistema de abastecimento de água.
Aplaudido pelos petistas, Maluf brincou com as suposições de que o segundo turno presidencial seria disputado por Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB):
— Sonhar é gratuito. Eu tenho 22 eleições, entre as que disputei e apoiei, e não me iludo. Eleição você faz com imagem e com mensagem, a presidente Dilma tem imagem e, para a mensagem, vai ter quase 14 minutos de televisão contra quatro minutos de Aécio e dois de Eduardo Campos_ disse Maluf, afirmando que, ao todo, Dilma terá 600 inserções em comerciais TV, mais que a soma de grandes anunciantes, como “Casas Bahia, Petrobras, Caixa”.
O encontro em São Paulo tenta pacificar o PP em relação a aliança do partido com a candidatura de Dilma. Em alguns estados, o PP se rebelou, como no Rio Grande do Sul, onde deve se aliar ao PSDB. Rui Falcão, presidente nacional do PT, adiantou que ontem o acordo foi discutido entre ele, Lula e o presidente nacional do PP, o senador Ciro Nogueira. Segundo Falcão, o PP entregou ao PT uma lista com onze pontos para o programa de governo.
— Não estamos atrás de cargos nem de benefícios — disse Ciro.
Já Padilha não poupou elogios ao apoio de Maluf ao governo petista:
— O senhor sempre foi um deputado extremamente fiel aos projetos do presidente Lula — disse o pré-candidato do PT.
O PP de Maluf havia apoiado o PT nas eleições municipais, em 2012, quando Fernando Haddad foi eleito. Na ocasião, Haddad e o então presidente Luíz Inácio Lula da Silva tiveram que ir até a casa de Maluf, nos Jardins, bairro nobre na zona sul da capital paulista, onde foram fotografados juntos, para fechar a aliança.
O episódio gerou descontentamento de parte da militância petista, que sempre viu Maluf como adversário. Depois do aperto de mão, Maluf só voltaria a aparecer publicamente ao lado de Haddad na festa da vitória.
Em contrapartida pelo apoio, o prefeito aceitou a indicação do PP para a Secretaria de Habitação, comandada pelo empresário José Floriano de Azevedo Marques Neto. A área tem sido alvo de protestos constantes de movimentos de moradia.

Roseana garante antecipação para julho de subsídio para PMs e bombeiros






Governadora Roseana Sarney garantiu reajuste linear de 5,6% nos salários de PM's e bombeiros (Diego Chaves/OIMP/D.A Press
)
Governadora Roseana Sarney garantiu reajuste linear de 5,6% nos salários de PM's e bombeiros
 
A governadora Roseana Sarney assinou medida provisória, na terça-feira (28), que antecipa de novembro para julho a implementação da tabela de subsídios para policiais militares e bombeiros, constante no Plano de Cargos e Carreiras. Com isso, as duas categorias terão reajuste linear de 5,6% em seus salários.

"A medida que assinei reafirma meu compromisso de valorizar os policiais militares e bombeiros, servidores que prestam relevantes serviços como guardiões da segurança de nossa população", ressaltou.

Roseana Sarney lembrou que em março deste ano, o Governo do Estado concedeu reajuste linear de 7% aos policiais militares e bombeiros, conforme acordo firmado.

Para o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Zanoni Porto, além de confirmar a política de valorização da corporação empreendida pelo Governo do Estado, a medida assinada pela governadora motiva ainda mais os policiais na árdua missão de proteger a sociedade.

Além da questão salarial, nos últimos quatro anos o Governo do Estado tem investido maciçamente na Policia Militar e Corpo de Bombeiros, com a aquisição de viaturas, armamentos, equipamentos de segurança e melhores condições de trabalho.

Também foi ampliado o quadro de policiais, com a realização de concurso público. O Sistema de Segurança do Maranhão ganhou o reforço de mais de 2.300 novos policiais militares, civis e do corpo de bombeiros. Somente a PM recebeu 1.800 integrantes e o bombeiros, 120 homens.( O Imparcial )
 

Paes Landim mostra trabalho que foi realizado na Corregedoria do TJ

O Corregedor do Tribunal de Justiça do Piauí, Francisco Antônio Paes Landim Filho, afirmou que sua marca deixada na Corregedoria é da quebra do paradigma, incluindo o órgão nos debates sociais. Na manhã de hoje ele está homenageando as autoridades e órgãos que contribuíram com a instituição.


"Quebraram-se paradigmas que faziam da corregedoria apenas um órgão de inspeção e correição geral", afirmou o corregedor.

Esse é o novo perfil constitucional da instituição. Ele ressaltou que a corregedoria buscou ações externas no exercício da cidadania, buscando a paz social. Segundo ele, o órgão esteve em debate de questões sociais como violência doméstica, a questão das drogas, problemática agrária, a questão do super endividamento familiar, a questão prisional e a questão da infância e da adolescência.


"Foi esta equipe de trabalho da Corregedoria que sem rosto e sem nome, mas com decidido espírito público percorreu quase 300 mil km de estrada nesses dois anos." acrescentou o corregedor.

Ele citou que hoje devido as ações adotadas, a instituição hoje é referência nacional e citou os programas de qualificação, o fórum de combate a violência doméstica e familiar contra a mulher, as ações sobre registro civil e sobre o casamento homoafetivo.

"Pelo seu pioneirismo, ganhou destaque nacional no campo da cidadania, o provimento 24/2012, que regula o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo registrando-se a celebração de 28 casamentos homoafetivos em todo o Estado", concluiu.


O corregedor deixa o cargo após dois anos na gestão para assumir a vice-presidência do Tribunal de Justiça do Piauí no novo pleito que inicia dia 2 de junho.

Em seu dircurso ele citou que a questão prisional no Piauí "é de tirar o sono de qualquer administrador". Ele ressaltou ainda a ação da corregedoria de implantar a Central de Inquéritos, criada pelo Tribunal de Justiça.


"De mim só posso dizer que suportei o peso dessas responsabilidades institucionais com espírito público, fazendo da oração e do trabalho os meus sustentáculos", concluiu o corregedor.

Entre as autoridades estão sendo homenageados, o ex-governador Wilson Martins, desembargadores, imprensa, entidades e órgãos públicos.( Cidadeverde)

Marlos diz que PSDB vai ficar com Zé Filho

"Nosso foco é a unidade da base, mas, por uma questão de respeito, o PSDB só vai se pronunciar depois que o Marcelo anunciar sua decisão", disse o presidente do PSDB.

 
 DO GP1
 
 
O PSDB vai apoiar a candidatura do governador Zé Filho (PMDB) á reeleição. Os tucanos aguardam apenas o pronunciamento do deputado federal Marcelo Castro - que ocorre na segunda-feira (02) - a respeito das mudanças na chapa.
Imagem: ReproduçãoMarden Menezes apresenta projeto de lei que institui piso salarial dos assistentes sociais(Imagem:Reprodução)Marden Menezes apresenta projeto de lei que institui piso salarial dos assistentes sociais

O PSDB vai discutir com o governador e demais partidos, que nome deve compor a chapa como vice. O ex-prefeito Sílvio Mendes – que era vice de Marcelo Castro e tem demonstrado descontentamento com as alterações– deve ser substituído por outro tucano.

O presidente do PSDB no Piauí, o deputado estadual Marden Menezes, disse que o partido vai trabalhar pela unidade da base, numa demonstração de apoio a Zé Filho que é candidato à reeleição.

“Nosso foco é a unidade da base, mas, por uma questão de respeito, o PSDB só vai se pronunciar depois que o Marcelo anunciar sua decisão”, disse o presidente do PSDB.

Vereadora do PPS quer que Mão Santa aceite propostas do seu partido

"O ex-senador vem conversando com todos, inclusive comigo. Temos dialogado com freqüência e os entendimentos estão avançados", disse a vereadora.

 
 DO GP1
 
 
Imagem: DivulgaçãoTeresinha Medeiros se reúne com Mão Santa
O pré-candidato ao Governo, ex-senador Mão Santa (PSC), tem conversado com freqüência com a vereadora de Teresina, Teresinha Medeiros (PPS) que vem sendo citada como um dos nomes com grandes chances de compor como vice na chapa encabeçada pelo ex-senador.

Durante entrevista ao GP1, a vereadora disse que as conversas estão adiantadas e que para efetivar essa composição existem alguns critérios, como a incorporação das propostas do PPS ao Plano de Governo de Mão Santa.

“O ex-senador vem conversando com todos, inclusive comigo. Temos dialogado com freqüência e os entendimentos estão avançados. Além disso, temos as propostas do PPS que serão sugeridas para serem incorporadas ao Plano de Governo de Mão Santa, caso nosso nome seja confirmado como vice na chapa do ex-senador”, disse a vereadora.

Teresinha Medeiros destacou algumas propostas que considera de extrema importância para melhorar a vida dos piauienses. “Em nossa sugestão para o Plano de Governo temos a valorização dos professores, resolver os problemas da Eletrobras, chamar os concursados da segurança, fortalecer os hospitais regionais para desafogar o HUT, dentre outras medidas”, destacou a parlamentar.
Teresinha Medeiros se reúne com Mão Santa (Imagem:Divulgação)

Marcelo Castro diz que só abre a boca na segunda feira

"Ainda não conversei com minha família, com os meus amigos e nem com as minhas lideranças mais próximas. Esse final de semana será dedicado a esses diálogos", disse Marcelo Castro.

 
DO GP1
 
 
Em entrevista exclusiva ao GP1, o deputado federal Marcelo Castro (PMDB) disse que vai dedicar todo o final de semana a conversas com a família, amigos e lideranças políticas.
Imagem: Francyelle Elias/GP1Marcelo Castro(Imagem:Francyelle Elias/GP1)Marcelo Castro
O deputado Marcelo Castro afirmou que na próxima segunda-feira (02) vai anunciar sua decisão final, após a série de conversações.

“Ainda não conversei com minha família, com os meus amigos e nem com as minhas lideranças mais próximas. Esse final de semana será dedicado a esses diálogos, na próxima segunda farei meu anúncio oficial. Não quero ficar falando nada para não gerar problemas, quando me pronunciar será de uma vez só”, disse Castro.

Ex-prefeito diz que transava com sua secretaria que erá casada

O Homem traído afirmou que ''passou a desconfiar da mulher em junho de 2009 e que era amigo do prefeito''.

GIL SOBREIRA, DO GP1
 
 
João Melancia(Imagem:Reprodução)Imagem: ReproduçãoJoão Melancia
Chegou a fase de alegações finais o processo cível em que é réu o ex-prefeito da cidade de Várzea Branca, João Ribeiro Dias, conhecido como “João Melancia”, processado em ação de indenização por danos morais por Raimundo Dias dos Santos, conhecido “ Neto”, que flagrou sua mulher, ex-secretária de Educação de Várzea Branca, em um motel e quer uma indenização de 2 milhões de Reais pela exposição pública de sua imagem dada pelo ex-prefeito.

Segundo informações que constam no processo, Raimundo Dias dos Santos, em depoimento, afirmou que “passou a desconfiar da mulher em junho de 2009 e que era amigo do prefeito, que foi criado no mesmo bairro de sua mulher e a conhecia a muito tempo. Disse que o prefeito João Melancia ligava muito e que a assediou e que chegou a manter relações sexuais com ela dentro da prefeitura. Após o ocorrido Raimundo Dias disse que ficou muito abalado e que não sai de casa.”

Já o ex-prefeito João Melancia confirmou, em depoimento, que mantinha um caso com a ex-secretária por quase três anos e disse que foram flagrados já despidos em um motel e que quando Raimundo Dias chegou ouviu tiros e arrebentaram a porta.

Motorista embriagado quase mata motoqueiro no centro de Teresina

Um motoqueiro, identificado como Francisco, foi colhido por um Corsa branco por volta das 6 horas desta sexta-feira(30) no cruzamento das ruas Rui Barbosa com Coelho Rodrigues, no Centro de Teresina. 

Segundo o funcionário público Márcio Freire, que testemunhou o acidente, o sinal estava aberto para o motoqueiro, mas o condutor do Corsa teria invadido. 


“Eu estava atrás do motoqueiro na rua Rui Barbosa, quando o sinal abriu para passarmos, o Corsa que estava na Coelho Rodrigues invadiu o sinal e pegou o motoqueiro de frente”, narra o funcionário público. 


Ele contou ainda que o motorista do veículo desceu do carro com uma arma em punho. “Ele parecia que estava alcoolizado e com a arma na mão disse que se alguém fosse atrás dele, atirava. Uma senhora conseguiu anotar a placa e entregou para a Polícia Militar”, destacou Márcio. 


O motoqueiro foi socorrido pelo Samu que, segundo os populares, demorou pelo menos 40 minutos para chegar ao local. 

A vítima foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Teresina (HUT). 

( Cidadeverde)

Zé Filho conversa com aliados sobre nova chapa para governador

 

 


Definido pelo PMDB como candidato à reeleição, o governador Zé Filho inicia nesta sexta-feira, 30, rodada de conversas com lideranças de partidos da base aliada. Estão na agenda do governador reuniões com PSB, PSDB, PC do B, PDT, PSD, PTC e legenda emergentes do G-12. O esforço é para acertar os detalhes da nova composição da chapa governista, agora sob a liderança plena de Zé Filho.( Da Coluna do Elivaldo Barbosa/Cidadeverde)

Silvio Mendes elogia Marcelo, critica Zé Filho, mas diz que seguirá o PSDB

Ex-prefeito afirmou que Marcelo Castro anunciará sua decisão até segunda-feira. Sílvio se mostra decepcionado.

 
   
   
 
O ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), fez agora há pouco desabafos e afirmou ao Cidadeverde.com que não tem dúvida que o governador Zé Filho (PMDB) será candidato à reeleição. Por quase meia hora, Sílvio Mendes conversou com o site e se mostrou surpreso e de certa forma decepcionado com a postura de Zé Filho.



Sílvio Mendes disse que passou o dia de ontem conversando com o deputado federal Marcelo Castro (PMDB). “O Marcelo está sereno, tranquilo, cientes dos fatos e vai tomar uma decisão responsável e pensando nos outros. Quem não conhecia o Marcelo Castro passou a conhecer e só cresceu o seu conceito. Ele (Marcelo) foi absolutamente correto”, disse Sílvio Mendes, pré-candidato a vice-governador.

O tucano fez questão de relatar todo o processo para chegar a sua pré-candidatura e a do Marcelo Castro. Sílvio Mendes ressaltou que em todas as conversas – ocorridas desde o ano passado - estavam o ex-governador Wilson Martins (PSB), Marcelo Castro e o próprio Zé Filho. 

“Ele garantiu para o ex-governador Wilson Martins e para todos que se assumisse o governo, não seria candidato e o nome que ele apoiaria seria o do Marcelo Castro”.

Segundo Sílvio Mendes, o problema era que o governador dizia uma coisa e agia completamente diferente. “Isso gerou uma instabilidade. Marcelo Castro chegou por três vezes a Zé Filho propondo abrir mão da pré-candidatura. E ele (Zé Filho) sempre dizia: eu apoio é você. Ele garantia uma coisa para Marcelo e agia de outra forma”.

Marcelo passou a articular a sua pré-candidatura, segundo Sílvio Mendes. “Deixou de lançar a candidatura do filho, abriu mão de Secretaria para acomodar aliados. Ele foi muito correto”.

Para Sílvio Mendes, a gota d´água foi à divergência dos dois sobre a data da convenção do PMDB. O ex-prefeito relatou que Zé Filho chegou a sair de Teresina em avião fretado até Brasília para conversar com adversários políticos de Marcelo Castro que são os senadores Ciro Nogueira (PP), João Vicente Claudino (PTB) e Wellington Dias (PT). “Sem se quer dar um telefonema para Marcelo ou irem juntos no mesmo avião”.

Sílvio Mendes lembrou que Zé Filho não compareceu as reuniões políticas programadas no interior do Estado e que Marcelo Castro teve a consideração de não marcar nenhum encontro na região Norte para não ser visto como provocação. “Até nisso, o Marcelo foi decente”, disse o tucano”.

Apoio a Wellington Dias

Desde o início o ex-prefeito vem afirmando que o “problema do Marcelo era o PMDB”. 
Sílvio Mendes disse ainda que em reunião com lideres da base, Zé Filho impôs sua condição para ser candidato. “Ele (Zé Filho) disse que é candidato se todos os partidos da base seguirem unidos. Disse que queria o apoio da base e que não houvesse beicinho. Ele garantiu também que se não for candidato à reeleição irá declarar apoio informal a candidatura de Wellington Dias e do senador João Vicente Claudino”.

O ex-prefeito disse que está surpreso com a atitude do Zé Filho. “Eu nunca vi em lugar nenhum um governador agir dessa forma. Onde fica os interesses do Estado? Tudo isso causa até instabilidade futura. Quem garante que no futuro não haverá novas mudanças?”, questionou o tucano. 

“Marcelo Castro está analisando e não será inconsequente. Ele perdeu em vários aspectos, mas até segunda-feira ele (Marcelo Castro)  anunciará uma decisão”, disse.

Postura do PSDB

Diante da reviravolta, Sílvio Mendes afirmou que seu compromisso era com Marcelo Castro e que o PSDB tomará uma decisão e seguirá o partido. ( Cidadeverde)

Tudo conspira a favor do médico Mão Santa




A divisão interna no PMDB e a conjuntura nacional que não é favorável ao Partido dos Trabalhadores (PT), conspiram neste momento a favor da pré-candidatura do médico Mão Santa, que surgiu na cena política piauiense como azarão, mas que vem ganhando musculatura a cada dia e já se apresenta como o principal adversário do petista Wellington Dias.

O discurso do médico Mão Santa se bem estruturado, poderá levá-lo à vitória, porque, como franco atirador, ele ainda dispõe de um grande arsenal de munições que poderão demolir as candidaturas da situação.

A falta permanente de energia elétrica, de água potável e a violência que rouba a tranqüilidade do povo piauiense, se incorporados ao discurso do médico Mão Santa, farão desse piauiense de alma, coração e vida, o futuro governador do Piauí.

Mão Santa tem duas grandes virtudes, as maiores virtudes que um político poder ter: ser uma pessoa extremamente popular, sem fazer tipo e um político que acredita no conhecimento especializado, como força transformadora.( Severino Neto/AZ)

Átila Lira pede votação de PEC que põe fim à contribuição de aposentados





- Apenas para os servidores públicos

Em sua primeira propositura apresentada depois de deixar a Secretaria de Educação do Piauí e reassumir o mandato de deputado federal na Câmara dos Deputados, Átila Lira (PSB) está ajudando a trazer à tona um tema que incomoda o Palácio do Planalto e o Partido dos Trabalhadores.

O parlamentar apresentou requerimento pedindo a inclusão na pauta do Plenário da Casa da Proposta de Emenda à Constituição que revoga o artigo que determina o pagamento de contribuição previdenciária sobre os proventos dos servidores públicos aposentados.

A contribuição dos inativos foi instituída com a Reforma da Previdência, estabelecida pela Emenda Constitucional Nº 41, de 2003.

“O requerimento ora apresentado abre precedência por se tratar de matéria relevante, urgente e de interesse público”, justifica o parlamentar a apresentação do requerimento para votação da matéria.

Uma contradição no governo do PT
A PEC, de autoria do ex-deputado Carlos Mota (PSB-MG), inicia sua justificativa expondo uma contradição praticada pelo Partido dos Trabalhadores.

“Uma das mais cruéis medidas tomadas contra os servidores públicos aposentados residiu, sem dúvida, na instituição de cobrança previdenciária sobre seus proventos", argumenta.

"Tentada inúmeras vezes durante o governo anterior ao atual [o então governo Lula, já que a PEC foi apresentada em 2006), a iniciativa só prosperou, por ironia, em gestão capitaneada pelo partido político que sempre foi o seu maior adversário”, cravou, referindo-se ao PT.(Do Portal AZ em Brasília)
 


 

Socorro Waquim confirma candidatura a deputado estadual

 
 





A pré-candidatura da ex-prefeita de Timon Professora Socorro Waquim deixou de ser nota de blog ou especulação da imprensa. Agora a pouco na casa do presidente do PMDB de Timon José Costa o partido apresentou oficialmente o nome da Professora Socorro como pré-candidata à deputada estadual e do Professor Sétimo para concorrer à reeleição pelo partido na disputa por seu terceiro mandato de deputado federal. O lançamento oficial será no dia 13 de junho no Mega Hall Eventos com a presença do senador Lobão Filho.

A reunião foi articulada pelas principais lideranças e militância do partido e contou com a presença dos vereadores Tales Waquim e Kenedy Gedeon, que confirmaram o apoio ao nome dos dois peemedebistas. Os vereadores Francisco Torres, Antonio Filho (Biu) e Itamar Barbosa, que fazem parte da base de oposição na Câmara, não comparecerem ao evento alegando motivos de ordem pessoal.
Além de lideranças do PMDB, representatividades de outros partidos estiveram na reunião e reafirmaram apoio ao casal Waquim. Entre eles o suplente de vereador do PSL Francisco Borges e os suplentes Neto da Educação e Isabel Alves. O presidente da Fundação Nacional de Saúde Henrique Pires e o seu pai Magno Pires, que é candidato a deputado estadual pelo Piauí também prestigiaram a reunião.

O deputado federal Professor Sétimo disse que existia uma ansiedade da militância para o lançamento o mais rápido possível dos nomes dos dois como representantes de Timon, juntos para a próxima eleição, mas na política tudo tem que ser conversado e compromissado, ainda faltavam detalhes que precisavam ser alinhavados. Ele convocou a militância e disse que vai contar mais uma vez com a força do PMDB de Timon, de seus aliados e de toda população timonense para conseguir se reeleger e eleger a Professora Socorro.

Num breve relato sobre a sua trajetória logo após sua saída do cargo de prefeita, Socorro Waquim disse que estava tratando das prestações de contas como gestora durante todo esse período. Ela adiantou que a decisão de tentar voltar à Assembleia Legislativa coube a seu partido. “Não se trata de projeto pessoal, mas sim partidária”. Ela agradeceu a manifestação de populares pelo incentivo, mas que a candidatura estava agora nas mãos do povo que é soberano para decidir. ( Do Blog do Ribinha /AZ)

Marco Lago agora é Federal

 
 
O empresário e vereador pelo PTC de Timon, Marco Lago, está tendente mesmo a disputar vaga para a Câmara Federal. Até dias atrás ele cogitava uma candidatura de deputado estadual, mas seus planos começam a mudar, como bem especularam os blogs do Elias Lacerda e o do Ludwig Almeida.

Quarta-feira última (28) a Executiva Estadual do PTC - Partido Trabalhista Cristão, esteve reunida para decidir os rumos dos filiados que tem pretensão em participar das eleições deste ano como candidatos. O presidente estadual do partido e vice-presidente do PTC Nacional, ex-deputado Edivaldo Holanda confirmou que Marco Lago é pré -candidato a deputado federal.

Na oportunidade, o vereador Marco Lago aproveitou pra dar um abraço no amigo e prefeito de São Luis, Edivaldo Holanda Júnior. O empresário e vereador de Timon reafirmou que está pronto para encarar esse desafio, seguindo a orientação do diretório estadual. ( Do Blog do Elias Lacerda/AZ)



 

Para Marlos Sampaio, Wilson Martins não respeitou sequer a doença de Zé Filho

"Wilson esqueceu que não seria mais o governador e quem conduziria o processo seria Zé Filho", disse o parlamentar.

 
 DO GP1
 
 
O deputado federal Marllos Sampaio (PMDB) disse que o ex-governador Wilson Martins (PSB) é o culpado por todos os desentendimentos que têm ocorrido na base aliada, sobretudo, dentro do PMDB. Ele lembrou que a chapa do Governo foi previamente fechada no momento em que Zé Filho (PMDB) passava por um problema de saúde e estava fragilizado.
Marllos Sampaio(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Marllos Sampaio

“O ex-governador é o culpado. Ele acuou o Zé Filho colocando outro nome na frente dele. Não foi respeitado, se quer o momento de fragilidade que o atual governador passava por um problema de saúde. Além disso, a chapa foi acertada num período em que todos estavam viajando, em janeiro. Quase ninguém participou dessa decisão. Wilson esqueceu que não seria mais o governador e quem conduziria o processo seria Zé Filho”, disse.

Marllos Sampaio falou ainda que Marcelo Castro não pode se queixar de não ter tido tempo de tentar se viabilizar politicamente.

“Não sei se haverá mudanças. Mas, nem o PMDB e nem o Marcelo têm culpa se a chapa dele, do Sílvio e do Wilson não caiu nas graças do povo do Piauí. Ele tinha que ter se aproximado mais do povo. Fui a uma edição do Ouvindo o Piauí e lá só vi lideranças políticas e nada de povo. O Marcelo nunca vai poder dizer que não teve tempo para se viabilizar. Inclusive, fui o primeiro a falar sobre tudo que está acontecendo agora”, comentou o deputado federal.

Zé Filho começa a usar redes sociais para conversar com os piauienses

Em seu perfil no Instagram, o governador afirma a internauta que tem potencial para ganhar eleição de Wellington Dias.

 
Em meio a um tsunami político, o governador Antonio José de Moraes Souza, o Zé Filho (PMDB), aproveitou seu perfil no Instagram para apimentar ainda mais a discussão sobre possível pré-candidatura à reeleição. Ele postou nesta quinta-feira (29) mensagens de que está enfrentando grandes desafios e respondeu provocação de um internauta garantindo que tem potencial para vencer as eleições contra Wellington Dias, pré-candidato do PT ao governo do Estado.


Na publicação, o internauta de nome “Thiago Carvalho” lhe faz um questionamento: “Entra para disputa pra ver quantos votos tem...Vc não tem potencial para vencer WD (Wellington Dias), Marcelo tem mais chances... O governador reage as provocações: “Embora não concordar com sua opinião eu respeito...”, disse Zé Filho.

Nos últimos dias, o governador tem postado mensagem de auto ajuda numa referência as pessoas que enfrentam desafios.

 
“Senhor, dá-me visão de águia para que eu possa enxergar além dos meus limites!”, postou o governador. Em seguida insiste em publicações otimistas: “Você somente descobre que é forte, quando ser forte é sua única escolha”.

Zé Filho vive momento de possíveis reviravoltas se decidir enfrentar líderes do PMDB e lançar sua pré-candidatura a reeleição. Até hoje, ele faz mistério e não confirmou a decisão. 


O dia foi de reuniões secretas e decisões. Zé Filho evitou falar de política. O governador se comunicou através da rede social.

Uma das publicações mais comentadas deste mês foi a que ele usou frase do líder espiritual Mahatma Gandhi. 


quinta-feira, 29 de maio de 2014

Ladrões invadem casa de médico e levam R$ 200 mil

Ladrões invadem casa de médico e levam R$ 200 mil (Foto: Amaury Silveira)
(Foto: Amaury Silveira)

O médico e empresário Augusto Nogueira teve sua casa assaltada na manhã desta quarta-feira(28), na travessa Humaitá, bairro do Marco. Foram quatro homens que invadiram o imóvel armados. O empresário, a esposa, de 70 anos, os dois filhos e um neto foram rendidos e levados para a suíte do empresário. Ele, a esposa e um dos filhos ficaram imobilizados com bandidos apontando as armas de fogo para suas cabeças. O filho mais velho, Augusto Filho, foi obrigado a abrir um cofre-forte e, em seguida, foi espancado.
Os marginais levaram R$ 57 mil que havia no cofre, assim como joias da família que estão avaliadas entre R$ 100 mil e R$ 150 mil. Levaram também um computador, dois notebooks e três telefones celulares. Os bandidos tentaram fugir em um automóvel da família, porém não conseguiram colocá-lo para funcionar. Assim, todos escaparam do local em um carro escuro que lhes dava apoio do lado de fora da residência.
Assim que os ladrões deixaram o imóvel, o médico e sua família conseguiram sair do banheiro em que foram deixados trancados e chamaram a polícia. Três guarnições da PM, à frente o capitão Lerry, estiveram no local e iniciaram trabalho de busca aos ladrões.
Augusto Nogueira foi até a Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), dirigida pelo delegado Eder Mauro, anexa à Delegacia do Marco, e registrou o assalto. O delegado e o tenente-coronel Neil Duarte acionaram um elenco de providências para tentar chegar aos assaltantes. As vítimas inclusive forneceram informes para a confecção de retratos-falados dos malfeitores.
Segundo o médico, é a terceira vez que assaltantes entram em sua casa. Na primeira vez, um funcionário dele foi atacado quando levava a renda arrecadada dos seus postos de gasolina. Na segunda vez, invadiram a casa e renderam seus netos, levando objetos valiosos.
Nessa terceira vez, foi mais audacioso o roubo, pois seus bens foram levados. Em decorrência dos assaltos, Augusto e a família já planejam morar em um condomínio fechado, para se verem livres da marginalidade e da violência.
(Diário do Pará)



Mulher é morta na base da bala pelo ex-companheiro

Mulher é morta na base da bala pelo ex-companheiro (Foto: Antonio Melo)
(Foto: Antonio Melo)

Às 6h40 desta quarta-feira(28), mais uma vida foi ceifada na base da bala. Desta vez, o palco dos acontecimentos foi a estrada da Yamada, a 100 metros da delegacia do Bengui. Uma senhora de 56 anos saía para o trabalho, numa clínica dentária localizada na avenida Duque de Caxias, no bairro do Marco. A vítima se chamava Terezinha Almeida da Silva. O acusado foi identificado como Edinaldo, conhecido como “Didi”, um aposentado de 50 anos.
O suspeito parou seu veículo perto do local do crime, de sua propriedade, desceu e, quando viu Terezinha atravessar a rua para pegar o ônibus, matou-a covardemente com pelo menos quatro tiros. O acusado entrou no carro e fugiu imediatamente. O Ciop foi informado e o cabo PM Rowielson, do 24º batalhão, compareceu ao local para constatar a situação. Depois, isolou a área e comunicou o fato na seccional da Marambaia. 
O delegado Arnaldo Mendes compareceu ao local com uma equipe de investigadores, mas antecipou que o fato será apurado pela delegacia do Bengui. Quando a reportagem chegou ao local, assistiu a uma cena muito comovente. Dois irmãos da vítima, um homem e uma mulher, estavam orando em cima do cadáver, já que a família toda era religiosa, menos a doméstica. Raimundo Brasil, irmão dela, aposentado de 60 anos, narrou toda a trajetória da vida de sua irmã. Ela teve o primeiro relacionamento, do qual nasceram dois filhos. Se separou e há 5 anos conheceu o acusado. 
No começo, era uma lua de mel, mas depois vieram as desavenças. Brigas e discussões eram cada vez mais constantes. Há um ano ela se separou, mas ele não aceitou e passou a perseguir a ex-mulher.
Terezinha ainda teve o cuidado de procurar a Delegacia da Mulher para tomar providências diante das ameaças que vinha sofrendo, mas as autoridades não levaram a sério. Na última segunda-feira, “Didi” foi até a casa da ex e disse que queria conversar com ela. Terezinha aceitou e os dois foram até uma praça perto de sua casa e tentaram se entender, mas ela não queria mais nada com o homem, estava cansada das brigas, e ele, num, gesto de fúria, passou a espancá-la. Populares viram as cenas de agressão e deram uma surra em “Didi”. Ele saiu do local declarando o seguinte para quem quisesse ouvir: “Foi a última vez que tentei; não serás de ninguém”.
(Diário do Pará)



Carreta passa por cima de menina de nove anos

Carreta passa por cima de menina de nove anos (Foto: Via WhatsApp)
Corpo da estudante foi encaminhado para o IML, família aguarda liberação (Foto: Via WhatsApp)

Uma criança de nove anos de idade morreu atropelada por uma carreta, no distrito de Miritituba, município de Itaituba, oeste do Pará, na manhã desta quinta-feira (29).
De acordo com a Polícia Civil, o acidente ocorreu quando a menina atravessava a rua da escola em que estudava no bairro do DNER e foi atingida pelo veículo no momento em que o motorista manobrava em marcha ré.
Ainda segundo a polícia, o motorista foi levado para a delegacia, mas se apresentou em estado de choque e não pôde ser ouvido pelas autoridades. Um inquérito policial presidido pelo delegado Bezerra vai apurar o caso.

O corpo da estudante está no Instituto Médico Legal (IML) de Itaituba e deve ser liberado para a família na tarde de hoje.

(Kleberson Santos/DOL)



Assaltantes presos com carro roubado

Assaltantes presos em Mosqueiro com carro roubado (Foto: Paulo Moraes/RBATV)
Trio foi levado para a seccional de Mosqueiro onde estão sendo realizados os procedimentos legais (Foto: Paulo Moraes/RBATV)
Dois homens foram presos e um adolescente apreendido acusados de assaltos na ilha de Mosqueiro, distrito de Belém, na tarde desta quinta-feira (29).

De acordo com o tenente Nelson, da Polícia Militar, Darluan Nunes, de 18 anos, e Divino José Costa, de 19, foram presos na companhia de um adolescente de 17 anos que foi apreendido, em uma casa no bairro do Ariramba após recebimento de denúncia anônima.

Com eles estavam um veículo roubado, duas roçadeiras, duas bombas d'água e dois televisores, tudo produto proveniente de roubos.

Segundo a PM, o carro apreendido foi roubado no último sábado (24) no bairro de Águas Lindas, em Ananindeua. A principal suspeita é de que após o roubo do carro o trio foi até a ilha realizar assaltos e arrombamentos.
Os três estão sendo apresentados na Seccional de Mosqueiro e responderão aos procedimentos cabíveis.

Deputados pernambucanos reagem à decisão do TSE de reduzir bancada



Thiago Neuenschwander - Diario de Pernambuco




Um dia após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciar decisão que reduz o número de deputados federais para as próximas eleições em oito estados, incluindo Pernambuco, parlamentares locais reagiram prontamente para reverter a decisão e ainda acusaram o órgão de afrontar as decisões do Legislativo. Em Brasília, o deputado federal Carlos Eduardo Cadoca (PcdoB), representando a bancada pernambucana, participou de uma reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), na qual ficou acertado que o Congresso vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A nova partilha, que além de reduzir o número de deputados em oito estados aumenta o quantitativo em outros cinco, foi aprovada em 2013 pelo TSE, mas um decreto legislativo havia barrado a divisão. A decisão de ontem trouxe o tema de volta à pauta e causou um mal-estar instantâneo. “O Congresso foi afrontado por essa decisão. O TSE tá insistindo nisso. É uma intromissão, uma verdadeira afronta. Daqui a duas semanas e meia começam as convenções. Como é que vai ser? É um problema, há um conflito de competências", disparou Cadoca.

O deputado federal Fernando Ferro (PT) também compartilhou sua indignação com a decisão. “Não podem mudar as regras do jogo em ano eleitoral. Todos os estados prejudicados já se articularam para que isso seja revisto. Vamos fazer pressão agora para que o STF se posicione. Essa mudança não faz sentido”, argumentou.

Na Câmara Federal, Pernambuco passaria dos atuais 25 deputados para 24 e na Assembleia Legislativa (Alepe) dos atuais 49 para 48, de acordo com o 2º vice-presidente da Mesa Diretora da casa, o deputado André Campos (PSB). Segundo o socialista, o assunto foi debatido em reunião na manhã de ontem, mas, por enquanto, a Alepe não tomará novas medidas. “Já há uma ação nossa no Supremo. Achávamos que era um caso já superado e, no momento, vamos aguardar os desdobramentos. Como outros estados também já entraram com ações no STF (O Piauí entrou com nova ação ontem), qualquer vitória garante jurisprudência para todos”, explicou.

Banco Santos: Procurador pede arquivamento de ação contra Sarney

 

 

Sarney continua ruindo à vontade
Sarney continua ruindo à vontadeComo sempre Sarney vai se livrando de mais uma na Justiça. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF um parecer pedidno o arquivamento da ação contra o senador amapaense acusado de de irregularidades envolvendo o Banco Santos.
Como Sarney – que é amigo do contrtolador do BS Edmar Cid Ferreira – fez um saque de R$ 2 milhões um dia antes de o Banco Central decretar intervenção na instituição, o Ministério Público em São Paulo viu indícios de uso de informações privilegiadas e crime contra o sistema financeiro.
Apesar da posição do MP paulista, Janot redigiu parecer pelo arquivamento por entender que Sarney não teria sido enquadrado corretamente em um crime.
Além disso, mesmo se fosse punido, os supostos crimes contra o sistema finaceiro já estariam prescritos, pois o caso aconteceu em 2004 e Sarney já tema mais de 70 anos, o que reduz os prazos prescricionais.( Do Blog do Garrone/JP )